Cuidado com previsões plausíveis de materiais fantasia

Materiais reais raramente se comportam como suas contrapartes digitais. A estabilidade dos compostos deve fazer parte do ônus da prova para prever as propriedades complexas da matéria. Artigo do Alex Zunger na Nature discute dilemas da área de Simulação Computacional de Materiais. Há uma série de cálculos teóricos que prevêem materiais exóticos com propriedades incríveis (topologias diversas, supercondutividade, etc). Ocorre que em muitos casos é impossível efetivamente fazer esses materiais no laboratório. O comentário da Nature é sobre um artigo que conta com a participação de Gustavo Dalpian da UFABC.

Veja detalhes em https://www.nature.com/articles/d41586-019-00676-y e no artigo original que motivou o comentário da Nature que está postado no arXiv (under review): https://arxiv.org/abs/1812.10573